Páginas

terça-feira, 10 de janeiro de 2012

Felicidade



Nos últimos dias andei escrevendo sobre dor, tristeza, sofrimento...  Enfim, descobrir que tenho facilidade para escrever sobre essas coisas, deprimente ne? Mais hoje resolvi falar sobre a felicidade. Contraditório? Eu sei que não é fácil viver, se fosse não teria graça. Já pensou se todos os dias você acordasse feliz, sua vida ficaria numa rotina sem graça. Querendo ou não, nas dificuldades da vida é que você aprende a viver.
Disse que ia falar sobre a felicidade, calma que vou dizer.
A diferença está em como você vai lidar com todos os sentimentos, momentos tristes devem ser vividos em alguns instantes, no resto da vida, seja feliz. Descobrir que quando você está pra baixo e um amigo de dar a mão para te consolar, você acaba sentindo uma paz, você fica feliz e bem mais calmo. Demorei a perceber o quanto eu sou feliz, tenho grandes pessoas ao meu lado.
Ser feliz é poder rir sem motivo, ficar horas e horas conversando sobre nada e mesmo assim ficar o tempo todo com belo sorriso no rosto. Ser feliz é poder ajudar a todos os nossos irmãos, é sentir-se vivo. É enxergar a vida de outra maneira, vejo alegria em uma simples criança brincando na praça, em um sorriso dado um pouco sem graça por uma pessoal especial, em um grupo de jovens conversando sobre a vida, a felicidade se encontra em um “Bom Dia”, num pássaro voando livremente pela natureza. Poderia ficar dizendo vários lugares e fatos onde eu vejo a felicidade, mas não vou, o texto ficaria enorme.
Momentos de tristezas vão acontecer, mas são passageiros, vamos olhar o lado bom das coisas, sempre. Buscar a felicidade, alegria, paz interna. Eu quero ser feliz, minto. Estou feliz, por enquanto, pode ser que depois eu não fique, porém sei que vai passar.  

Um comentário: